1° troféu da São Silvestre faz parte do acervo do Clube Esperia

A taça foi conquistada pelo atleta Alfredo Gomes em 1925

Há 90 anos o Clube Esperia mantém em seu acervo o troféu da primeira Corrida de São Silvestre, conquistado pelo atleta Alfredo Gomes, que realizou um percurso de 6,2 mil metros em 23min10s. Gomes trabalhava como eletricista da Companhia Telefônica e em seus momentos de lazer dedicava-se à sua paixão: a corrida.

Alfredo Gomes

Alfredo Gomes, campeão da primeira São Silvestre, em 1925 (Imagem: Divulgação)

Outro Esperiota que conquistou a São Silvestre foi o italiano Heitor Blasi, que realizou o mesmo percurso, de 6,2 mil metros, em 23min. O atleta conheceu Alfredo Gomes nas Olimpíadas  de Paris em 1924, e foi convidado por ele para integrar a equipe de corredores do clube. Na Itália, Heitor Blasi já tinha conquistado vários campeonatos, como em 1919, 1920, 1921 e 1923, e recebeu o diploma de Campeão da Itália pela Federazione Italiana de Atletica Leggera.

Heitor-Blasi

Heitor Blasi, campeão da São Silvestre em 1927, pelo Esperia (Imagem: Divulgação)

Juntos, Gomes e Blasi se alternaram em conquistas, como a “Volta de São Paulo (Prova Estadinho)”, “Urbino Taccola”, “Volta de Campinas”, “Corrida Rústica Fanfulla” e são Bicampeões da São Silvestre pelo Esperia.

No clube, a modalidade começou a ser praticada em 1903 e tornou-se uma tradição figurando em todos os festivais esportivos. Hoje, o centro de esportes e lazer conta com uma das mais modernas pistas da cidade de São Paulo e contribui com a formação de atletas de ponta.

Taca-da-Sao-Silvestre-1925

(Imagem: Divulgação)

Até a 20ª edição, a Corrida Internacional de São Silvestre era disputada somente por brasileiros. Após assumir caráter internacional, passou a ser reconhecida em todo o mundo. Em 2013, reuniu 27,5 mil corredores de 41 países – um recorde na competição.

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.